Pontal Engenharia é contemplada com Prêmio ECO 2011 na modalidade ELIS

por daniela publicado 18/11/2011 15h59, última modificação 18/11/2011 15h59
São Paulo - Empresa goiana de construção civil com foco em edifícios residenciais aplica sustentabilidade à estratégia

A Pontal Engenharia, Construções e Incorporações, empresa goiana de construção civil com foco em edifícios residenciais, é vencedora do Prêmio ECO 2011 na modalidade "Estratégia, Liderança, Inovação e Sustentabilidade" (Elis) entre as empresas de pequeno e médio portes.

A companhia se destaca por incorporar a busca contínua do equilíbrio ambiental, social e financeiro na estratégia corporativa.

A cerimônia de entrega da premiação será em 02/12, na sede da Amcham-São Paulo.

Pontal Engenharia e a sustentabilidade

A Pontal Engenharia, fundada em 1986, tem aplicado ao longo dos anos inovações técnicas e conceitos sustentáveis.

“Nosso objetivo é, mais do que vender apartamentos, oferecer um exemplo de que é possível construir um mundo melhor, dentro de um sistema justo de oportunidades, ganhos e qualidade para todos, onde a sustentabilidade deve ser uma matéria-prima incorporada ao processo, e produto tão importante quanto cimento, aço, areia, brita e outros insumos”, explica Ricardo Mortari Faria, diretor-presidente da empresa.

Segundo ele, a Pontal é a primeira construtora no Brasil a ter cinco certificações que traduzem qualidade, saúde e segurança, responsabilidade social e gestão ambiental. São elas: NBR ISO 9001:2008 – Sistemas de gestão da qualidade – Requisitos; PBQP-H – Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade do Habitat SiAC; NBR ISO 14001:2004 – Sistemas da gestão ambiental; NBR 16001:2004 – Responsabilidade social; e OHSAS 18001: 2007 – Sistemas de gestão da segurança e saúde no trabalho. “A Pontal decidiu não ser a maior construtora, mas fazer o seu melhor a cada dia”, enfatizou Faria.

A empresa elaborou um planejamento estratégico baseado nos fundamentos da governança corporativa e que também visa fomentar o conceito de sustentabilidade. Na sua declaração de crenças, constam ética, transparência, cidadania, solidariedade, honestidade, integridade, respeito do próximo, responsabilidade, comprometimento com a preservação ambiental, com a saúde e a segurança no trabalho e com a qualidade de vida. O código de conduta orienta seus diversos públicos nesse sentido.

Benefícios aos colaboradores

Nos canteiros de obras da Pontal, os colaboradores contam com programas de Alfabetização e Ensino de Jovens e Adultos (ensino médio e fundamental), assim como cursos de qualificação e aperfeiçoamento.

Outro benefício é que a companhia faz a doação de materiais de construção para reforma da moradia de colaboradores, prática que também contribui para a redução de resíduos.

5Rs

A empresa desenvolve e implanta práticas sustentáveis no processo construtivo com base no conceito dos 5 Rs – reduzir, reusar, reciclar, repensar e recusar – e na logística reversa.

Uma das iniciativas é a Resíduo Zero, que consiste na instalação de uma mini-usina nos canteiros voltada à produção de blocos de concreto a partir dos próprios resíduos de construção (restos de canaletas, blocos, concreto, pedras e argamassa). Além disso, lixadeiras a água evitam o levantamento de poeira e preservam a saúde dos trabalhadores. Por sua vez, os fornecedores da Pontal são orientados a cumprirem requisitos sustentáveis para não serem desqualificados.

Os processos produtivos estão sendo constantemente repensados com foco na sustentabilidade e na qualidade. Nos edifícios, a água dos telhados é captada e armazenada em reservatórios específicos e distribuída por tubulação independente, para uso em bacias sanitárias dos apartamentos e na área comum em torneiras de jardins e limpeza, o que gera uma economia aproximada de 30% a 40% do consumo dos prédios nos períodos chuvosos.  Nas áreas comuns dos edifícios, são colocadas lâmpadas econômicas de baixo consumo e instalados sensores de presença para diminuir o uso do recurso energético ao longo de sua vida útil.

A prestação de contas sobre sustentabilidade da Pontal Engenharia é feita a seus diversos públicos através do site institucional, bem como newsletters, eventos, congressos, workshops e jornais murais, além de notícias na imprensa.

Reconhecimento

O diretor-presidente da Pontal avalia que o Prêmio ECO é uma poderosa ferramenta de auditagem, aferição do conjunto das ações da companhia, e que ainda presta uma importante contribuição para a sensibilização da comunidade sobre a necessidade imediata do desenvolvimento sustentável.

“O prêmio nos mostra que estamos no caminho certo de responsabilidade e prosperidade. Ficamos ainda mais satisfeitos porque o Prêmio ECO visa multiplicar o conceito da gestão empresarial para a sustentabilidade no País”, afirma Ricardo Mortari Faria.

Prêmio ECO 2011

Neste ano, o Prêmio ECO foi estruturado em duas modalidades: “Estratégia, Liderança, Inovação e Sustentabilidade” (Elis) e “Práticas de Sustentabilidade” – esta subdividida nas categorias “Sustentabilidade em Produtos e ou Serviços” e “Sustentabilidade em Processos”.

A modalidade Elis se relaciona a modelos de negócios e estratégias mais amplas da empresa que incorporam a sustentabilidade.

Já a categoria “Práticas de Sustentabilidade” é subdividida em duas: “Sustentabilidade em Processos” e “Sustentabilidade em Produtos ou Serviços”.

A subdivisão de Processos reconhece métodos produtivos que levam em conta atributos de sustentabilidade, tanto na sua própria operacionalização quanto nas políticas que os orientam e nos indicadores que avaliam seus resultados.

Em “Sustentabilidade em Produtos ou Serviços”, são premiados os produtos, serviços ou linhas de produtos ou serviços com práticas incorporadas de sustentabilidade. Os atributos devem fazer parte do ciclo de vida do produto ou serviço, ou seja, da concepção/design, fabricação/elaboração, distribuição, consumo/prestação e descarte / reutilização.

São doze os projetos ganhadores neste ano. Confira aqui.

29 anos reconhecendo práticas de sustentabilidade

O Prêmio ECO foi lançado em 1982, sendo o pioneiro no reconhecimento de empresas socialmente responsáveis e que desenvolvem práticas de sustentabilidade. Já mobilizou 1.979 companhias (entre brasileiras e multinacionais), com 2.455 projetos inscritos e 213 condecorados.

 

29 anos reconhecendo práticas de sustentabilidade

O Prêmio ECO foi lançado em 1982, sendo o pioneiro no reconhecimento de empresas socialmente responsáveis e que desenvolvem práticas de sustentabilidade. Já mobilizou 1.979 companhias (entre brasileiras e multinacionais), com 2.455 projetos inscritos e 213 condecorados.

Realizado em parceria com o jornal Valor Econômico, o Prêmio ECO abre espaço para participação de todas as classes de empresas atuantes no País segmentadas por porte, inclusive as públicas.

Desde 2009, o foco da premiação é a "Inovação Sustentável na Gestão dos Negócios", procurando valorizar a sustentabilidade nas diferentes esferas da operação empresarial.

 

registrado em: