Precon vence Prêmio ECO 2012 com método de construção que reduz desperdício e aumenta produtividade

por marcel_gugoni — publicado 21/11/2012 14h43, última modificação 21/11/2012 14h43
São Paulo – Técnica de projetos padronizados permite redução de custos e agilidade no tempo de construção
precon_obra_195.jpg

A construtora Precon, do segmento de projetos padronizados de concreto, foi uma das empresas agraciadas com o Prêmio ECO 2012 na categoria Sustentabilidade em Produtos ou Serviços da modalidade Práticas de Sustentabilidade, entre concorrentes de pequeno e médio portes.

A cerimônia de entrega da premiação será em 11/12, na sede da Amcham-São Paulo.

Premiados: Amcham anuncia empresas vencedoras do Prêmio ECO 2012

O projeto vencedor foi o ‘Solução Habitacional Precon (SHP): Inovação, Industrialização e Sustentabilidade’, um sistema de construção de prédios residenciais padronizados que diminui pela metade o prazo verificado em obras tradicionais sem perder qualidade.

Para efeito de comparação, as construções padronizadas se assemelham à produção de uma montadora de automóveis. Há uma estrutura idêntica de concreto, a exemplo de um chassi, para todos os projetos. A diferença está no acabamento e nas áreas de lazer.

“Dentro desse  modelo inovador de industrialização, a sustentabilidade se faz presente na seleção de materiais, em técnicas produtivas e na menor geração de resíduos”, afirma Marcelo Monteiro de Miranda, CEO da Precon Engenharia.

Veja aqui quais são as vantagens de ser sócio da Amcham 

De acordo com a Precon, a redução do tempo de entrega das construções representa aumento de 100% na produtividade, usando menos mão de obra no canteiro e gerando menos resíduos.

O método consiste em levantar moradias em série. Toda a produção e a montagem de vigas, lajes, painéis, portas, janelas e tubulações é feita pela construtora e segue altos padrões de sustentabilidade e qualidade. O uso de soluções próprias de tecnologia permitiu maior eficiência na ligação entre os elementos da estrutura e reduziu o tempo de fabricação.

O controle da venda final ao consumidor também é um diferencial competitivo. A construtora tem mais flexibilidade para oferecer prazos vantajosos e preços menores, o que lhe dá condições de ganhar maior velocidade de venda.

Quer participar dos eventos da Amcham? Saiba como se associar aqui

O SHP se mostrou bastante rentável para a Precon. Em 2011, ano de seu lançamento, o sistema contribuiu com 15% do faturamento da construtora. Neste ano, deve representar 50% da receita corporativa. A participação do SHP tende a aumentar ainda mais em 2013, ano em que se estima que o modelo padronizado responda por cerca de 60% a 70% do faturamento e da lucratividade da empresa.

O Prêmio ECO

Através do exemplo, é possível disseminar práticas de sustentabilidade. “Acreditamos que a indústria da construção civil no País pode evoluir muito em práticas socioambientais. Com este exemplo, esperamos ajudar a puxar a fila do setor para um desenvolvimento mais sustentável”, observa Miranda.

Lançado pela Amcham em 1982, o Prêmio ECO é pioneiro no reconhecimento de companhias que adotam práticas sustentáveis no Brasil. Desde 1982, o Prêmio ECO já mobilizou 2.117 companhias brasileiras e multinacionais. Elas foram responsáveis pela inscrição de 2.630 projetos.

registrado em: