#PrêmioECO: 6 empresas que transformaram diversidade e inclusão em plataforma sustentável

publicado 15/01/2019 13h19, última modificação 13/02/2019 14h46
Brasil – 36ª edição da premiação foi a primeira a reconhecer projetos do tipo
SãoPaulo_CapaMatéria_Inclusao_v2.jpg

Construir uma sociedade que valoriza a diversidade e que de fato inclua pessoas, independente de gênero, raça, orientação sexual, faz parte do universo da sustentabilidade. Nesta edição do Prêmio Eco, foram seis vencedores dentro desse eixo temático. Os projetos serão premiados em cerimônia no próximo dia 21/2, em evento público, em São Paulo (informações clique aqui).

Conheça mais sobre cada projeto abaixo:

 

DANA  Programa Dana de Inclusão Pessoas com Deficiência Intelectual

Desde 2013, a empresa forma e contrata pessoas com deficiência intelectual moderada. Com uma formação de 800 horas de teoria e prática, juntamente a um estágio remunerado, os participantes são contratados com base em suas habilidades técnicas e comportamentais. Até agora, foram 31 contratados, iniciando como aprendizes, mas que já evoluíram em suas carreiras.

 

EDP ENERGIAS DO BRASIL – Formando mulheres eletricistas

Com a Escola de Eletricistas para Mulheres, a Energias do Brasil – subsidiária do grupo português EDP – formou 236 profissionais do sexo feminino desde sua criação em 2011. É a primeira iniciativa de inclusão de gênero no setor elétrico e um compromisso com a agenda de desenvolvimento sustentável da ONU, afirma a EDP. O projeto é feito em parceria com o SENAI.

 

AVON  Impulso AVON

A ação "Impulso AVON - Pesquisa de Impacto Socioeconômico da AVON na Vida das Revendedoras” ajudou a organização a entender como a venda direta de produtos impacta a vida das revendedoras. Através da pesquisa, realizada em 2017 e que se estenderá ainda em 2020, a empresa compreendeu que o trabalho ajudou as mulheres a irem atrás de seus sonhos, a estarem mais felizes e satisfeitas com a vida e a acreditarem em seu próprio potencial se comparadas a mulheres que não são revendedoras.

 

BAYER  Inclusão e Diversidade

A diversidade e a inclusão são pilares estratégicos para a organização. através da criação do Comitê Corporativo de Diversidade, tendo como líder o CEO da organização, Rodrigo Santos, a empresa tem como missão proporcionar um ambiente de trabalho que seja diverso e inclusivo. Os principais grupos trabalhados são mulheres, pessoas LGBT, PCDs, pessoas negras e de diferentes gerações.

 

PROJETO TERRA - ARTESANATO FORA DO COMUM – Capacitando artesãos e comunidades

Baseado no conceito de comércio solidário, o Projeto Terra oferece espaço a produtos artesanais de cooperativas, ONGs, artesãos e artistas. Também dá capacitação empresarial focada em ecoeficiência a produtores de conteúdo socioambiental, para que consigam gerar renda suficiente na atividade empreendedora. Cerca de 550 mil consumidores passaram pelas lojas desde que a iniciativa foi lançada em 2002, comprando quase 280 mil itens.

 

O GUIADERODAS – Compartilhando acessibilidade

O Guiaderodas, aplicativo que avalia o grau de acessibilidade dos estabelecimentos, nasceu das dificuldades do empresário e cadeirante Bruno Mahfuz se locomover em locais públicos e privados. A plataforma agrega informações de acessibilidade dos locais, onde usuários com e sem deficiência compartilham opiniões e se informam sobre as instalações.

Em dois anos de existência, o Guiaderodas se tornou o maior guia colaborativo de locais acessíveis da América Latina. O app é usado em mais de 60 países e superou o número de cem mil avaliações, vindas de 900 cidades.

 

Para saber mais sobre outras empresas vencedoras:

#PremioECO: 14 empresas que são destaque em inserir sustentabilidade na estratégia e gestão

#PremioECO: 15 projetos que diminuíram impacto dos negócios na natureza

#PremioECO: 11 inovações de produtos e serviços sustentáveis que apontam tendências de consumo