Riachuelo, Mãe Terra e Alelo participam na quarta (7) da cerimônia do Prêmio ECO da Amcham/Estadão

publicado 02/12/2016 11h44, última modificação 02/12/2016 11h44
São Paulo – Neste ano, 16 cases empresariais serão reconhecidos pela principal premiação de sustentabilidade do País
cerimonia-pic01.jpg-9951.html

A Câmara Americana de Comércio/AMCHAM e o Estado de São Paulo realizam na noite da próxima quarta-feira (7/12), às 18h30, em São Paulo, a cerimônia de premiação da 34ª edição do Prêmio ECO, o mais tradicional troféu de sustentabilidade empresarial do Brasil.

Além do reconhecimento de 16 cases de responsabilidade socioambiental, a cerimônia na sede da Amcham (R. da Paz, 1.431) contará com painel de debates sobre perspectivas e tendências na área com os CEO’s da Riachuelo, Flávio Rocha; da Mãe Terra, Alexandre Borges; da Alelo, Eduardo Gouveia; e também do Conselheiro da Natura, Pedro Passos.  O evento é aberto ao público, mediante inscrição no www.amcham.com.br/acontece.

Em sua 34ª edição, as empresas ganhadoras foram AES Holdings Brasil, Blue Sol, Grupo Boticário, Braskem, C&A, CELPE, Dow, Habitar Construções Inteligentes, Itaú Unibanco, Korin, Orbenk, Precon, Rhodia, RL Sistemas de Higiene, TerraCycle do Brasil e Votorantim Cimentos. Ao todo, 71 trabalhos de 61 empresas foram inscritos. A cerimônia de premiação acontece na sede da Amcham, na Rua da Paz, 1431, Chácara Santo Antônio.

Uma das novidades desta edição é a escolha por voto popular de uma empresa do Sistema B (de Benefício sócio-ambiental), que será reconhecida pelo Prêmio ECO pelo seu modelo de transformação de negócios através da sustentabilidade. Para conhecer e votar na melhor empresa, clique aqui. Ao todo, são quatro finalistas.

Neste ano, a Amcham fechou uma parceria com o Sistema B para premiar uma empresa certificada pelo sistema e escolhida por voto popular. No mundo, o Sistema B reconhece empresas que geram produtos e serviços com respeito a parâmetros sociais, ambientais e de governança. Mais de 1800 empresas no mundo possuem a certificação B, sendo que 62 estão no Brasil. A empresa B escolhida pelo público terá a oportunidade de apresentar o modelo de negócios durante a cerimônia de premiação.

Outra parceria do ECO foi com o Grupo Estadão para a co-realização do Prêmio. A cada semana, a Amcham publica no portal do Estadão o blog Ecoando, com reportagens sobre empresas e setores que geram negócios de sucesso a partir da implementação dos conceitos de sustentabilidade. A Amcham também divulga o tema nas rádios Estadão e Eldorado, através de pílulas e spots com cases, estratégias e ações de inovação das empresas participantes.

Na edição de 2016, o prêmio é formado por duas categorias: Sustentabilidade em Processos e Sustentabilidade em Produtos ou Serviços. Veja abaixo os vencedores por categoria:

PROCESSOS

Empresas de Grande Porte:

- Braskem

- Companhia Energética de Pernambuco (Celpe)

- Dow Brasil

- Grupo Boticário

- Itaú Unibanco

- Korin

- Orbenk

Empresas de Médio e Pequeno Portes

- RL Sistemas de Higiene

Startups e Microempresas

- Habitar Construções Inteligentes

PRODUTOS

Empresas de Grande Porte:

- AES Holdings Brasil

- C&A Modas

- Precon Engenharia

- Rhodia Poliamida e Especialidades

- Votorantim Cimentos

Empresas de Médio e Pequeno Portes

- Blue Sol Energia Solar

Startups e Microempresas

- TerraCycle do Brasil

SOBRE O PRÊMIO

O Prêmio ECO surgiu em 1982 pela Amcham, sendo a primeira ação brasileira de reconhecimento e divulgação da sustentabilidade empresarial. Ao longo de três décadas, a premiação mobilizou 2.278 companhias nacionais e multinacionais. Dos 2.820 projetos inscritos, 275 foram premiados

registrado em: