Brasil registra superávit de US$ 712 milhões na balança comercial de maio, segundo MDIC

publicado 03/06/2014 14h36, última modificação 03/06/2014 14h36
São Paulo – O país fecha o terceiro mês consecutivo com superávit na balança
Grfico1.JPG

O Brasil fechou o mês de maio com um superávit de US$ 712 milhões na Balança Comercial. Esse saldo é 40,75% maior do que o registrado no mês de abril, quando o país teve um superávit de US$ 506 milhões. Em comparação com maio de 2013, a variação foi negativa: -6,77%.

Depois de dois grandes déficits no começo do ano, o mês de maio registrou o terceiro superávit consecutivo. Desde março o país vem registrando saldos positivos: US$ 111; US$ 506 e US$ 712 milhões.

O total das exportações do país no mês de maio foi de US$ 20,75 bilhões, registrando alta de 5,21% em relação à abril e queda de 4,91% em relação à maio de 2013.

O total das importações do país em maio foi de US$ 20,04 bilhões, 4,28% maior do que em abril e 4,84% menor do que o mesmo período de 2013.

 

 

 

Em entrevista coletiva, o secretário de Comércio Exterior, Daniel Godinho, destacou a soja, que teve crescimento de 22% nos valores exportados nos primeiros cinco meses do ano, chegando a US$ 12,6 bilhões, um recorde para o período. Outro produto a ser destacado foi o petróleo, que segundo o secretário, registrou aumento de 28% em suas exportações em relação à maio de 2013.

 

Considerando o período de janeiro à maio, o Brasil se encontra com um déficit de US$ 4,85 bilhões, 9,76% menor do que o déficit registrado no mesmo período do ano passado, que foi de US$ 5,38. Porém, nesse período, a corrente de comércio (soma das importações e exportações) piorou, caiu 3,63%; de US$ 192 bilhões para US$ 185 bilhões.

 

 

registrado em: