Descubra o que empresas como Netflix e Amazon tem feito para ajudar a sociedade durante a pandemia do coronavírus

publicado 23/06/2020 11h00, última modificação 22/06/2020 18h35
Brasil – Ações vão desde o auxílio a profissionais afetados até a fabricação de respiradores
Iniciativas empresas contra covid-19.jpeg

O enfrentamento do coronavírus é um desafio que exige esforços de todos – e as empresas não ficam de fora. Há dois meses lançamos o Soma, nossa plataforma que une governos, empresas e sociedade na construção de soluções para essa luta. Um dos pilares da nossa iniciativa é divulgar ações inspiradoras de responsabilidade social e econômica no combate à Covid-19.

Conheça abaixo seis iniciativas de empresas privadas que estão fortalecendo a sociedade:

 

LIBERTY SEGUROS – SEGURO PARA A CRUZ VERMELHA

Em parceria com a Volvo, a Liberty Seguros disponibiliza seguro gratuito aos automóveis da fabricante colaboradora que serão oferecidos para serviços da Cruz Vermelha de todo país.

 

MOSAIC – FUNDO DE DOAÇÕES

A Mosaic disponibilizou um fundo de R$ 4,5 milhões ao Brasil para a compra de cestas básicas e produtos de limpeza e higiene, como álcool gel, desinfetante e sabonete para famílias em situação de vulnerabilidade.

 

NETFLIX – APOIO A PROFISSIONAIS DO AUDIOVISUAL

A plataforma de streaming anunciou a doação de R$ 5 milhões para trabalhadores do audiovisual afetados pelo coronavírus. Em parceria com o Instituto de Conteúdos Audiovisuais Brasileiros, a Netflix criou o fundo emergencial destinado a ajudar até 5 mil trabalhadores. A doação é parte do aporte mundial da companhia, que totaliza US$ 100 milhões em apoio ao setor.

 

GE – PRODUÇÃO DE EQUIPAMENTOS

A GE aumentou para 24 horas por dia a sua capacidade de produção de equipamentos utilizados no diagnóstico e tratamento de pacientes de Covid-19. Além disso, incluiu respiradores à sua linha de produção e contratou funcionários adicionais para atender à demanda.

 

ALELO – GESTÃO DE CARTÕES-ALIMENTAÇÃO

A Alelo é responsável pela gestão dos cartões-alimentação destinados às famílias de 350 mil alunos matriculadas na rede municipal de São Paulo. A iniciativa da prefeitura tem o objetivo de promover a alimentação de crianças em situação de vulnerabilidade social. Ao todo, haverá o investimento de R$ 24 milhões, por mês, no projeto.

 

AMAZON –  TECNOLOGIA PARA A EDUCAÇÃO PÚBLICA

Em parceria com a Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (PRODESP), a Amazon disponibilizou seu sistema de computação em nuvem, possibilitando que cerca de 1 milhão de alunos de escolas públicas no estado de São Paulo tenham aulas virtuais. Além disso, oferece esta mesma plataforma de salas de aulas para estudantes de outros quatro Estados e livros digitais gratuitos para crianças de todo Brasil.

 

Conheça todos os mais de 120 projetos presentes no pilar empresas-sociedade do Soma clicando aqui.