Apesar do crescimento da população ocupada, a massa real de salários teve, no último mês do ano passado, uma queda de 0,47% em relação a novembro.

Massa salarial tem leve retração em dezembro

por Pedro Antônio Cássio Silva — publicado 10/02/2014 14h21, última modificação 10/02/2014 14h21
Apesar do crescimento da população ocupada, a massa real de salários teve, no último mês do ano passado, uma queda de 0,47% em relação a novembro.
massa-salarial-estudos-pesquisas-01.jpg-4355.html

O salário nominal médio do mês de dezembro foi de R$ 1966,90, representando uma queda sobre o mês anterior de  0,09%. Esta queda é menor que a inflação do mês, que foi de 0,92%, segundo o INPC calculado pelo IBGE. Por este motivo, o salário médio real registrou queda de 0,72%  fazendo com que, apesar do crescimento da população ocupada, a massa de salários caísse 0,47%, depois de quatro meses seguidos de alta.

Nos últimos doze meses, o salário nominal foi reajustado em 8,97%. Depois de descontado aumento de 5,56% do INPC, o reajuste fica  3,23% acima da inflação.

Os números de emprego e salário nos últimos anos têm sido positivos.Entre janeiro de 2002 (início da nova metodologia de cálculo da taxa de desemprego) e dezembro do ano passado o salário médio real cresceu 48,26%. Somado ao crescimento de 55,2% da população ocupada, o que  resulta  é um crescimento  real de 130,09%  da massa de salários.

 

 

registrado em: