Quatro aplicativos de negócios que vão facilitar a sua vida e a da sua empresa durante o coronavírus

publicado 08/06/2020 13h00, última modificação 18/06/2020 09h58
Brasil – Os apps contam com recursos gratuitos e podem facilitar trabalho remoto, capacitação e networking em tempos de isolamento social
Melhores aplicativos gratuitos para empresarios e empreendedores.png

Não é surpresa para ninguém que a tecnologia vem facilitando a vida das pessoas durante o coronavírus. O trabalho, a escola, a academia, os restaurantes, os jogos de futebol, os shows e os happy hours agora estão todos dentro de casa graças aos aplicativos. E isso tudo se aplica não apenas às pessoas físicas: muitas empresas estão conseguindo repensar o modelo de negócios, os produtos e serviços graças à inovação.

Assim, do networking às reuniões de equipe, os aplicativos estão conseguindo fazer com que o trabalho remoto se aproxime ao máximo dos escritórios convencionais. Por isso, listamos quatro aplicativos que vão te ajudar a fazer com que esse momento seja o mais produtivo possível para você e para a sua empresa:

 

APP AMCHAM

Em 2019, lançamos nosso aplicativo, que pode ser baixado na App Store e no Google Play. Com o coronavírus, desenvolvemos ainda mais funcionalidades, como as comunidades digitais (espaços especiais para trocar ideia de negócios e fazer benchmarking), promovendo networking qualificado e facilidade na inscrição em nossas atividades. Tanto sócios quanto não-sócios podem baixar o aplicativo para acessar diferentes serviços.

Além das comunidades, o usuário consegue acessar notícias sobre o setor privado e negócios e conteúdo para capacitação e formação empresarial. É também uma ferramenta para conhecer pessoas através da funcionalidade de matchmaking - através da inteligência artificial, nosso app sugere até 5 contatos por semana para você se conectar com base em seus interesses.

Baixe o app na Apple Store ou no Google Play.

 

ZOHO

Zoho não é um aplicativo muito conhecido no Brasil, mas as funcionalidades são interessantes para executivos e a empresa está oferecendo acesso gratuito ao software de trabalho remoto até o dia 1º de julho de 2020. A plataforma conta com diferentes funcionalidades de trabalho em aplicativos para web e celular semelhantes aos que oferecem o Google: sprints, projetos, chats, reuniões, pastas de armazenamento, análises, etc.

Eles também estão lançando o Programa de Assistência Emergencial para Pequenas Empresas (em inglês, ESAP – Small Business Emergency Subscription Assistance Program), que permite que clientes da companhia gravemente impactados tenham acesso gratuito por três meses aos softwares Zoho em uso atualmente. Todos os clientes com até 25 funcionários e que tenham sido gravemente afetados pela retração econômica agravada pelo coronavírus poderão se candidatar. A empresa concederá isenção com base na gravidade da interrupção, do setor e de outros fatores. Clique aqui para entender melhor sobre o ESAP.

 

CISCO WEBEX

O Webex é o software de reuniões online da Cisco. A empresa expandiu os recursos da oferta gratuita em todos os países onde está disponível, não apenas aqueles que foram afetados pelo COVID-19, incluindo Brasil. A iniciativa foi mapeada pelo movimento Soma da Amcham como um pilar de ajuda entre empresas. Clique aqui e acesse o comunicado oficial da Cisco.

Os recursos adicionais são:

- Uso ilimitado (sem restrições de tempo)

- Suporta até 100 participantes

- Oferece discagem tarifada (além dos recursos existentes do VoIP)

 

GOOGLE MEET

O Google está dando aos clientes do G Suite (Google Apps) e G Suite for Education, no mundo inteiro, acesso gratuito aos recursos avançados de videoconferência do Google Meet (antigo Google Hangouts). A ideia é ajudar empresas e escolas a permanecerem conectadas mesmo durante a pandemia.

Esses recursos geralmente estão disponíveis na edição Enterprise do G Suite e no G Suite Enterprise for Education e estarão disponíveis sem custo adicional para todos os clientes da companhia até 30 de setembro de 2020. “Estamos comprometidos em apoiar nossos usuários e clientes durante esse período desafiador e continuamos a expandir nossa infraestrutura para suportar uma demanda maior do Google Meet, garantindo um acesso otimizado e confiável ao serviço durante esse período”, afirmou a empresa em comunicado. Clique aqui e acesse o comunicado oficial do Google.

Os recursos adicionais são:

- Reuniões maiores, para até 250 participantes por chamada;

- Transmissão ao vivo para até 100.000 espectadores em um domínio;

- A capacidade de gravar reuniões e salvá-las no Google Drive.