Saiba como a sua empresa pode apoiar o desenvolvimento da vacina contra o coronavírus no Brasil

publicado 18/08/2020 17h21, última modificação 18/08/2020 17h21
Brasil – Governo de São Paulo pretende arrecadar R$ 130 milhões para dobrar a atual capacidade do Instituto Butantan de desenvolvimento de doses
550ed9ed-3c67-4329-8b0d-512eeb983b34.jpeg

Para um país enfrentar desafios como o coronavírus é preciso unir esforços tanto da sociedade e do governo quanto do mercado. Assim, um dos pilares do nosso Movimento Soma é conectar o poder público ao setor privado, divulgando as principais necessidades de municípios, estados e União para que as empresas possam ajudar. Uma das várias formas das organizações apoiarem o Estado nessa luta é por meio de doações para o desenvolvimento da vacina contra a Covid-19 no Brasil.  

O Governador de São Paulo, João Doria, anunciou, na última semana, a arrecadação de R$ 96 milhões em doações privadas para a construção de uma fábrica que produzirá exclusivamente a vacina contra o coronavírus. A meta é alcançar R$ 130 milhões para dobrar a atual capacidade do Instituto Butantan, que é de 120 milhões de doses contra o coronavírus por ano, e garantir que o Brasil seja o maior distribuidor da vacina na América do Sul. 

Até o momento, já foram arrecadados R$ 96 milhões. A campanha acontecerá até o fim do mês de agosto para arrecadar os R$ 34 milhões restantes de empresas e grupos filantrópicos privados. As doações serão feitas diretamente para o fundo de combate ao coronavírus da Fundação Butantan e verificadas por empresas de consultoria de atuação global para reforçar a transparência da iniciativa. 

"A potencial vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac está em etapa final de testes clínicos no Brasil e representa uma esperança a todos nós, brasileiros e latinos", comenta nossa CEO, Deborah Vieitas, que integra o Comitê Empresarial Econômico coordenado pelo Governo de São Paulo. 

Todas as doações devem ser feitas para conta do Instituto Butantan específica para o combate à Covid-19, que fará a gestão dos recursos e posterior prestação de contas. Para os doadores, não há incidência de ICTMD (Imposto Sobre Transmissão Causa Mortis e Doação). 

Saiba mais sobre o programa de vacinas do Governo de São Paulo e campanha de doação acessando aqui nosso Movimento Soma.