Seminário da Amcham-São Paulo mostra que a educação é fator primordial para a economia brasileira crescer de modo sustentado. Reveja notícias da semana que passou

por marcel_gugoni — publicado 21/09/2012 17h03, última modificação 21/09/2012 17h03
São Paulo – Evento reuniu economistas e empresários em debate sobre as necessidades urgentes do País.

O desenvolvimento econômico brasileiro tem que ser construído agora, com educação de qualidade. A base para o Brasil crescer 5% de forma sustentada nos próximos anos é um sistema educacional eficiente e bem administrado. Esta foi uma das conclusões do seminário que a Amcham-São Paulo realizou nesta quinta-feira (20/09), o qual reuniu economistas e empresários em um debate sobre as necessidades urgentes do País.

Veja aqui quais são as vantagens de ser sócio da Amcham

Quem resumiu a demanda brasileira foi o economista Delfim Netto, ex-deputado federal e ex-ministro da Fazenda: “Temos que construir uma estrutura econômica e social capaz de dar emprego a 150 milhões de brasileiros que estarão em idade economicamente ativa em 2030. Ou teremos sucesso na condução desses problemas ou não teremos competitividade.”

O evento movimentou a semana da Amcham e deve ter nova etapa em novembro, segundo Gabriel Rico, CEO da Amcham. “Vamos dar continuidade a esse conjunto que foi discutido”, adiantou. Para novembro, a Amcham prepara novo seminário sobre as reformas inadiáveis, que prevê interlocução com um grupo de parlamentares a respeito dos caminhos que começaram a ser indicados nesta quinta-feira (20/09).

Comitês temáticos

A agenda da semana da Amcham-São Paulo também contou com um debate sobre a importância da internet para os negócios de empresas com alto potencial de crescimento. Durante o comitê Business in Growth (BIG), André Artacho, diretor-geral de Mídias Sociais da agência de publicidade Euro RSCG Social, deu a dimensão da importância da web: “Se a companhia não tem site, como vou fazer parceria de negócios, entrar em contato?”

Quer participar dos eventos da Amcham? Saiba como se associar aqui

Na Amcham-Recife, o assunto foi da gestão de pessoas por competências. Para Robson Galindo, gerente de Desenvolvimento de Pessoas da Baterias Moura, o engajamento dos líderes faz toda a diferença na aplicação do modelo. “São os líderes que praticam no dia a dia a gestão por competência. O maior desafio é fazer com que eles estejam alinhados e pratiquem o modelo desde a seleção até a avaliação de pessoas.”

Reveja as principais notícias da semana:

21/09 Objetividade e estabilidade de regras em setores regulados aproximaria iniciativas pública e privada, afirma Gesner Oliveira

21/09 Formação de capital humano é maior prioridade para Brasil alcançar crescimento sustentável, mostra enquete da Amcham

20/09 Investir em educação de qualidade é chave para garantir crescimento de 5% nos próximos anos, apontam economistas e empresários

20/09 Alta carga tributária é um dos maiores freios da competitividade do Brasil, dizem empresários

19/09 Sucesso da gestão de pessoas por competências depende do engajamento dos líderes

18/09 Estar presente na internet e em redes sociais é essencial para qualquer empresa, garante executivo de agência de publicidade

18/09 Amcham-Brasil visita maior feira de alimentos da América Latina, a Expoalimentaria, no Peru

registrado em: