Benefícios da relação Brasil-EUA são destaque na comemoração da independência americana

por andre_inohara — publicado 01/07/2011 15h38, última modificação 01/07/2011 15h38
Daniela Rocha, Dirceu Pinto e André Inohara
São Paulo – Ambas as nações se dedicam à construção de uma vida melhor para seus cidadãos, salientou o embaixador americano, Thomas Shannon, na cerimônia na Amcham.
beneficios_corpo.jpg

A comemoração do aniversário de independência americana, em 04/07, foi realizada pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil antecipadamente, nesta sexta-feira (01/07), na Amcham-São Paulo. A cerimônia foi marcada pela constatação de diversas autoridades sobre o bom momento da relação bilateral e pela importância de fortalecê-la ainda mais.

Pelo terceiro ano consecutivo, a sede da Amcham foi o local escolhido pela missão diplomática para sediar a comemoração oficial da data cívica no Estado de São Paulo.

“Brasil e EUA têm valores comuns, sendo nações dedicadas à construção de uma vida melhor para seus cidadãos. Continuaremos nesse esforço de aproximação em diversas áreas onde poderemos obter benefícios para ambos os países”, disse Thomas Shannon, embaixador dos EUA no Brasil.

“Temos muitos motivos para estar confiantes no futuro da relação entre as duas nações. Um deles é a intensificação das viagens de brasileiros aos Estados Unidos. Outro indício é a forte relação econômica entre os dois países. São muitas as empresas americanas que atuam no Brasil, gerando empregos e aplicando conceitos da responsabilidade social corporativa”, comentou Thomas Kelly, cônsul geral dos EUA em São Paulo, que assumiu o posto no ano passado.

Kelly afirmou que o Brasil já se destaca no mundo como o maior solicitante de vistos de entrada nos EUA. Neste ano, está previsto o processamento de 800 mil vistos, sendo 500 mil deles em São Paulo, “o que será um recorde”.

O presidente dos EUA, Barack Obama, e a secretária de Estado, Hillary Clinton, enviaram um vídeo com mensagem gravada sobre a independência do país às missões diplomáticas no exterior.

“Compartilhamos essa data especial com parceiros e amigos. Esperamos fortalecer os laços com outros países, baseados no interesse e no respeito mútuos”, destacou Obama. Para Hillary, o momento é de disseminar valores fundamentados nos direitos humanos e na liberdade.

235 anos de independência

Os Estados Unidos celebram neste ano o 235º aniversário de sua independência da Inglaterra. O 4 de julho é um dos feriados oficiais mais comemorados naquele país. Por todo o território americano, fogos de artifício são disparados, bandas tocam marchas patrióticas e políticos discursam sobre a liberdade e os ideais da nação.

A celebração na Amcham-São Paulo seguiu as tradições americanas, com homenagem à bandeira dos EUA, trazida pelos fuzileiros navais do país. Foram servidos pratos típicos – hambúrger, cachorro-quente, churrasco, muffins brownies, entre outros.

O evento contou com a exposição de fotografias “Um século de viagens de presidentes dos EUA ao Brasil”. Entre as imagens dos 13 mandatários que visitaram o País, estavam as de Barack Obama (março de 2011), George Bush (1990), seu filho George W. Bush (2005 e 2007), Bill Clinton (1997) e outros de um passado mais distante, como Theodore Roosevelt (o primeiro estar no Brasil, em 1914), John Kennedy (1941) e Jimmy Carter (1978).

Autoridades

Entre as autoridades presentes à solenidade, estiveram o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) e os deputados Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Mendes Thame (PSDB-SP). Representando a Amcham, vários membros do Conselho de Administração. O vice-presidente do conselho, Marcos Oliveira, e o CEO, Gabriel Rico, subiram ao palco.

“A relação Brasil-Estados Unidos é bastante sólida. São dois países amigos que têm cooperação intensa no campo econômico e cultural. Nessa data, temos a oportunidade de cumprimentar a nação amiga pela sua independência”, destacou Kassab.

Prêmio Thomas Shannon

A missão diplomática americana no Brasil concedeu, durante a festa, o Prêmio Thomas Shannon a três personalidades que se destacaram pelo intercâmbio com os Estados Unidos nas áreas de inovação, educação e responsabilidade social.

Respectivamente, foram agraciados Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp); Marilena Fernandes, coordenadora da Alumni; e Angela Mary, da Congregação das Irmãs da Santa Cruz.

Prêmio da Secretária de Estado para Excelência Corporativa

Antes da festividade cívica, houve uma solenidade de indicação da rede varejista Wal-Mart e da indústria química Dow ao Prêmio da Secretária de Estado para Excelência Corporativa pela atuação em 2010 (Secretary of State’s Award for Corporate Excellence).

Todos os anos, desde 2000, as missões diplomáticas dos Estados Unidos ao redor do mundo indicam companhias que atuam fortemente com base nos princípios da responsabilidade social, sustentabilidade e inovação para concorrerem. Cabe, no final do processo, ao líder do Departamento de Estado escolher apenas uma vencedora. 

 

registrado em: