Governador Rick Scott: Flórida é porta de entrada para mercado americano

por andre_inohara — publicado 26/10/2011 16h26, última modificação 26/10/2011 16h26
São Paulo – Rick Scott veio ao Brasil para atrair mais empresas e turistas ao seu Estado
100_4710.jpg

A Flórida oferece infraestrutura logística e mão de obra qualificada aos investidores brasileiros. Além disso, é um importante ponto de entrada para o mercado americano.

O governador do Estado americano, Rick Scott, está no Brasil para atrair novos parceiros comerciais e turistas.

Veja a entrevista de Scott ao site da Amcham, concedida nesta quarta-feira (26/10) em São Paulo, pouco antes de participar do evento “Doing Business in Florida”, correalizado pela Amcham:

Amcham: Quais as principais oportunidades de negócios Flórida-Brasil?
Rick Scott:
A Flórida tem 19 milhões de habitantes, e provavelmente somos o Estado americano que mais cresce e gera empregos. Há muitos produtos além do suco de laranja que poderíamos comprar das companhias brasileiras, como bens do setor de tecnologia. Mas também existem muitas oportunidades para as companhias brasileiras investirem no setor de indústria de transformação, serviços financeiros e mercado imobiliário. Vejo potencial para empresas da Flórida também investirem no Brasil em diversos segmentos e que existem muitas áreas para cooperação.

Amcham: Uma dessas áreas de cooperação diz respeito ao etanol?
Rick Scott:
Somos grandes consumidores de etanol. Adicionamos o biocombustível à gasolina, então esperamos intensificar, sim, a parceria nessa área. Existem muitas questões que têm de ser endereçadas para aumentar os negócios entre Florida e Brasil. Hoje, cerca de 25% das exportações dos Estados Unidos ao Brasil são via Flórida. Temos 14 portos e esperamos trabalhar com diversas companhias nesse segmento também.

Amcham: Quais as vantagens que a Flórida oferece ao investidor brasileiro?
Rick Scott:
Temos boas universidades e escolas com ênfase em ciências, tecnologia, engenharia e matemática. Há muitos profissionais nossos que as companhias brasileiras podem contratar quando necessitarem se expandir. Além disso,  somos o ponto de entrada para qualquer empresa que quiser vender para os Estados Unidos. Muitas companhias brasileiras têm sede na Flórida, como a Embraer. 

Amcham: A Flórida, considerada um dos principais destinos turísticos no mundo, pretende atrair mais brasileiros?
Rick Scott:
Sim, e já temos mais turistas brasileiros na Flórida do que a maioria dos países. Além de fazer compras, os brasileiros gostam do nosso clima e das praias. Existe até uma estação de rádio com programação em português porque, além dos turistas, há muitos brasileiros vivendo no Estado.

 

registrado em: