Missão da Amcham aos EUA para capacitação técnica no setor de alimentos é concluída com sucesso

por andre_inohara — publicado 17/05/2012 16h25, última modificação 17/05/2012 16h25
São Paulo – Participantes se atualizaram sobre novos processos e formas de gestão e se interessaram por equipamentos automatizados.

A missão comercial de capacitação técnica aos Estados Unidos, promovida por Amcham e Sebrae no início de maio com treze microempresários e representantes de pizzarias brasileiras, se encerra com sucesso.

Os participantes tomaram contato com processos automatizados de produção e novas formas de gestão de negócios, conhecimento contribuirá para se diferenciarem no Brasil.

“Depois dos contatos que teve nos Estados Unidos, o grupo volta ao Brasil com conhecimento ampliado. O suporte que a Amcham ofereceu foi importante para que a comitiva tivesse acesso aos profissionais do ramo e às visitas técnicas”, disse Camila Moura, gerente de Comércio Exterior da Amcham que acompanhou a comitiva.

A missão se realizou entre os dias 05 e 08/05 em Chicago. Os participantes estiveram na National Restaurant Association (NRA), a maior feira do segmento de restaurantes e fast-food dos Estados Unidos.

O presidente da Associação de Pizzarias Unidas e proprietário do Pizza Bari, Carlos Cesar Zoppetti, esteve na comitiva e avalia que a missão serviu para conhecer tendências de mercado que podem ser trazidas para o Brasil.

“Fizemos contatos com empresas e instituições a fim de estreitar os relacionamentos e nos conscientizamos sobre uma gestão voltada aos resultados e sobre a importância dos processos para suprir a escassez de mão de obra”, disse ele.

Automatização de processos

Na parte da feira voltada ao setor de pizzas, um grande destaque foi uma máquina capaz de injetar recheios em massa crua, que despertou o interesse da comitiva, reportou Camila.

Os integrantes da missão se encontraram com Pete Lachapelle, presidente da Associação de Operadores de Pizzarias (Napo, na sigla em inglês) e publisher da revista Pizza Today, a principal publicação do gênero nos Estados Unidos.

“Na reunião, os participantes puderam entender um pouco do funcionamento do mercado americano de pizzas, e ouviram dicas de como melhorar os negócios. Enquanto no Brasil a pizza é uma refeição familiar, nos EUA ela é considerada fast food”, compara Camila.

Além da feira, a comitiva visitou três pizzarias locais: uma de pizzas gourmet, Frasca Pizzeria, a rede local Lou Malnati’s Pizzeria e outra tradicional (Spacca Napoli), que usa forno a lenha. Nos Estados Unidos, a maioria das pizzarias trabalha com fornos elétricos ou a gás.

“Para as empresas, foi útil ver que lá tudo é muito automatizado, mesmo dentro dos restaurantes”, destaca a gerente da Amcham.

registrado em: