Secretário do Interior dos EUA diz que seu governo trabalha para facilitar a entrada de turistas brasileiros

por andre_inohara — publicado 16/04/2012 12h14, última modificação 16/04/2012 12h14
Brasília – Entre as medidas, estão a abertura de novos consulados e a redução do tempo de obtenção de vistos.
secetrario_foto2.jpg

O governo americano pretende continuar facilitando a entrada de turistas brasileiros nos EUA, e o fim dos vistos é um assunto que já se discute com o Brasil.

“Queremos continuar a avançar nesse trabalho de atração e facilitação de brasileiros aos EUA”, disse Ken Salazar, secretário do Interior dos EUA.

Salazar está em Brasília nesta segunda-feira (16/04) em Brasília com a missão de incentivar o turismo em seu país e debater a “Parceria para o Governo Aberto”, projeto dos governos americano e brasileiro para promover a transparência orçamentária e o direito ao acesso às informações públicas. O evento no qual Salazar participou, "Visão para a parceria econômica no século 21", é organizado pela Amcham e CNI (Confederação Nacional da Indústria) com apoio do Itamaraty.

A abertura de dois novos consulados americanos no Brasil (Porto Alegre e Belo Horizonte), anunciada na semana passada pela secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, e a redução do tempo para a obtenção de vistos são algumas das estratégias citadas por ele. Outro passo é proporcionar uma experiência turística de qualidade aos brasileiros.

“O governo do presidente Barack Obama está comprometido com a retomada do turismo nos EUA, com programas de promoção comercial para além da Flórida (um dos principais destinos de brasileiros)”, exemplifica. “O Brasil é uma das prioridades para essa divulgação”, destaca.

“Continuaremos nossos esforços para mostrar que temos portas abertas e receber bem os brasileiros nos aeroportos e parques dizendo como  são bem-vindos”, afirmou.

O incentivo ao turismo nos EUA é parte da estratégia do governo do presidente Barack Obama de criar mais empregos nesse setor. De acordo com a página eletrônica do Departamento de Interior dos EUA, em 2011 cerca de 1,5 milhão de turistas brasileiros passaram pelo país, o quarto maior contingente de visitantes estrangeiros.

Além do turismo, Salazar disse que há possibilidades de desenvolver parcerias com o setor privado brasileiro também em energia e Governo Aberto.

Consulado de Porto Alegre deve ser reaberto entre 2013 e 2014

O ministro conselheiro da Embaixada dos EUA em Brasília, Todd Chapman, disse que o consulado de Porto Alegre deve funcionar a partir do ano que vem, e que novos consulados podem ser abertos no futuro.

“As cidades de Porto Alegre e Belo Horizonte serão as próximas a receber um consulado, mas não significa que não teremos outras (cidades que abriguem consulados) no futuro”, disse Chapman. “Mas o mais importante é melhorar a infraestrutura dos atuais”, ressalta.

O ministro conselheiro disse que o consulado de Porto Alegre deve funcionar a partir de 2013 ou 2014. “Estamos muito satisfeitos em reabrir o consulado de Porto Alegre entre 2013 e 2014.” O consulado americano funcionou na capital gaúcha até 1996.

A abertura de novos consulados se justifica pelo forte aumento da procura por vistos. “A demanda aumentou dramaticamente nos últimos tempos”, comenta.

Para melhorar o atendimento, o governo americano investe no aumento de instalações e tempo de atendimento. “O prazo caiu de 130 para 2 dias em lugares como Rio de Janeiro. Em São Paulo, o tempo ainda é longo porque a demanda é muito alta”, observa Chapman.

Outras medidas para incentivo ao turismo bilateral continuam em discussão. Um exemplo é a Parceria em Aviação, acordo para aumentar a freqüência de vôos bilaterais, assinada na semana passada durante a visita da presidente Dilma Rousseff aos EUA. .

O fim dos vistos de turismo também é uma possibilidade para o futuro, indicou Chapman. “É um processo. Temos que trabalhar com o governo brasileiro para debater os requisitos, e é algo que levará algum tempo. Mas a discussão do tema está em andamento”, destaca.

registrado em: