Amcham Highlights: dados indicam escassez de mão de obra qualificada em Recife

publicado 22/07/2013 10h17, última modificação 22/07/2013 10h17
Recife - 70% dos empresários locais sofrem com falta de funcionários capacitados, mostra pesquisa da Amcham
highlights-recife.jpg-2154.html

Em 2011, no segundo ciclo do programa “Competitividade Brasil – Custos de Transação”, a Amcham aprofundou a discussão de alternativas para enfrentar os gargalos que comprometem a maior competitividade brasileira e acrescentando ao debate nacional enfoques regionais.

A fim de compreender melhor a realidade de Pernambuco e contribuir para a identificação de soluções, a Amcham realizou, em 05 de agosto de 2011, o seminário Competitividade Regional em Recife, reunindo mais de 100 empresários e executivos locais para dialogar sobre o tema. A discussão se centrou em dois eixos: mão de obra e infraestrutura.

No que toca a mão de obra, a principal dificuldade sentida em Pernambuco está em encontrar quadros técnicos, seja de nível médio ou superior, em quantidade e qualidade suficientes. Essa escassez é sentida por mais de 70% do empresariado local, como detectou pesquisa da Amcham preparada, com o apoio do Instituto Análise, especialmente para a ocasião. Trata-se de um nível muito superior ao indicado para falta de mão de obra em geral (31%) e não especializada (34%).