Amcham lança cartilha inédita para empresas de todos os portes em Fórum de Diversidade

publicado 28/04/2016 08h13, última modificação 28/04/2016 08h13
São Paulo - Encontro na quinta (28/4) apresentou casos de sucesso e ações governamentais para incluir o tema da diversidade no cotidiano das empresas
capadiversidade.jpg

A CEO da Amcham, Deborah Vieitas, comandou na quinta-feira (28/4), em São Paulo, o Fórum de Diversidade. O destaque do encontro foi o lançamento da cartilha inédita/gratuita da Amcham, realizada em parceria com o consultor Reinaldo Bulgarelli, com pontos e ações fundamentais para criação e aplicação de um programa de diversidade em pequenas e médias empresas.

“Nas grandes companhias e multinacionais, o programa é desenvolvido na matriz e chega para aplicação na base brasileira, um grande facilitador . A nossa cartilha preenche a lacuna existente nas pequenas empresas sem acesso a este conteúdo por falta de estrutura ou acesso a ferramentas, conteúdo e pilares básicos de um plano de ação no tema”, explicou a CEO da Amcham. A ocasião marcou também lançamento do comitê Aberto de Diversidade da Amcham, que se reunirá no dia 20 de junho..

Com uma base de quase 5 mil empresas associadas no Brasil, a Amcham observa que as empresas que investem em diversidade corporativa são mais inovadoras, produtivas e competitivas globalmente. “Precisamos trabalhar a competitividade das companhias brasileiras. Assim como fizemos com a temática sustentabilidade, lançado o Prêmio ECO, em 1982, vamos incentivar a modernização do ambiente de negócios através da temática diversidade”, contextualizou Deborah Vieitas. Até hoje, o Prêmio Eco da Amcham é a principal premiação de sustentabilidade empresarial, reconhecendo em 35 anos mais de 2,5 mil projetos no País.

Cases da Pandora, KPMG e Dow
Além do lançamento da cartilha inédita, o Fórum de Diversidade da Amcham contou com os presidentes da Dow América Latina, Fabian Gil, da Pandora, Rachel Maia, e KPMG, Pedro Melo, que compartilharam suas ações e visões sobre o tema. A moderação ficou a cargo de Franklin Feder, vice-presidente do Conselho do Instituto Ethos.

O segundo painel foi sobre “Iniciativas Governamentais e Não-Governamentais”. Participaram do debate: Élida Lauris, secretária Executiva do Ministério das Mulheres, Igualdade Racial, Juventude e Direitos Humanos; Jorge Abrahão, diretor –presidente do ETHOS; e Adriana Carvalho, assessora da ONU Mulheres. A moderação será de Ligia Pinto Sica, coordenadora do Grupo de Pesquisas em Direito e Gênero da FGV.

Baixe a cartilha da Amcham 

O acesso ao conteúdo da Cartilha Diversidade nas PME's é gratuito. Acesse aqui ou clicando na imagem ao lado