Anúncio de fábrica da Fiat em Suape dá início à transformação da região em polo automobilístico

por daniela publicado 16/12/2010 15h31, última modificação 16/12/2010 15h31
Recife - Montadora investirá R$ 3 bilhões em nova planta e governo de Pernambuco atua para atrair outras empresas do setor.
anuncio_materia.jpg

Após estruturar o Complexo Portuário Industrial de Suape como polo petroquímico, naval e offshore, o governo de Pernambuco trabalhará para consolidar em 2011 a região como novo centro automobilístico e industrial do País. O primeiro passo nesse sentido foi dado em 14/12 com a confirmação da construção de planta da montadora da Fiat no Porto de Suape, orçada em cerca de R$ 3 bilhões.

“Conseguimos fechar o ano de 2010 com a confirmação de atração de uma planta industrial da Fiat em Suape. Essa nova fábrica da montadora no País terá capacidade produtiva de 200 mil veículos por ano e ocupará 740 hectares do complexo portuário e industrial”, revelou Wagner Maciel, gerente  de Articulação Empresarial da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, que participou nesta quinta-feira (16/12) do comitê de Small Business da Amcham-Recife.

Além da instalação da fábrica, a montadora pretende investir até 2014 na construção de um Centro de Pesquisa & Desenvolvimento no Estado, voltado para o desenvolvimento de novos produtos e ainda em unidades de treinamento de recursos humanos para atuar no empreendimento. “A perspectiva é que, ao operar a plena capacidade, a fábrica da montadora gere no Estado aproximadamente 3,5 mil empregos diretos”, disse Maciel.

Cadeia de negócios

De acordo com o gerente de Articulação Empresarial de Pernambuco, a fábrica da Fiat será o centro de um polo industrial e automotivo que o Governo de Pernambuco pretende consolidar na região nos próximos anos. “Com a chegada da montadora ao Estado, conseguiremos atrair outras inúmeras empresas que formarão uma cadeia de fornecedores e logística.”

O Complexo de Suape já conta com um Centro de Distribuição (CD) da General Motors (GM). O CD (inaugurado em maio de 2010) tem capacidade para receber mil veículos por mês e é responsável por armazenar e distribuir no Brasil veículos da montadora fabricados na Argentina e no México. Em breve, deve receber também automóveis fabricados nas unidades da GM nos Estados Unidos.

“Nossa intenção é atrair outras montadoras e, nesse sentido, já iniciamos conversas com a Vokswagem”, destacou Wagner Maciel.