Ministro da Fazenda diz que a economia está se reequilibrando e que os riscos retrocederam

publicado 19/08/2015 11h48, última modificação 19/08/2015 11h48
São Paulo - Joaquim Levy falou para mais de mil empresários em evento promovido pela Amcham. Confira em vídeo
economia-foto01.jpg-833.html

Em tom otimista, o atual ministro da Fazenda, Joaquim Levy, falou para mais de mil empresários durante evento promovido pela maior entidade empresarial não-sindical do País, a Amcham. “A economia está se reequilibrando. Isso é muito importante”, afirmou Levy, na última sexta-feira (14/8).

Ainda de acordo com o ministro, no começo do ano, havia, pelo menos, três grandes receios: o que é que iria acontecer com a maior empresa do país (Petrobras), a falta de água e o risco de um racionamento também de energia. Levy foi categórico ao afirmar que essas preocupações estão sendo superadas.

“Os principais riscos do começo do ano, se lidou com eles com muita clareza, e eu diria que esses riscos retrocederam”, afirmou Levy. 

Joaquim Levy também comentou sobre a desconfiança em relação ao equilíbrio fiscal do país. Isso porque o Brasil pode perder grau de investimento, uma espécie de selo de bom pagador frente aos investidores. O ministro ressaltou que este temor também vem sendo reduzido.

“Eu diria que esses riscos se não forem completamente eliminados, foram grandemente reduzidos”, disse. 

Confira o vídeo abaixo: