Seminário reúne Embraer, Totvs, Cielo, Camargo Corrêa e Fleury debatendo o ganho de produtividade

publicado 24/07/2013 14h47, última modificação 24/07/2013 14h47
São Paulo- Confira os principais pontos do encontro da Amcham-SP que contou com apresentação do estudo do Boston Consulting Group

Como enfrentar a concorrência por meio do ganho de produtividade? A 1ª edição do "Seminário Produtividade Brasileira" da Amcham-São Paulo debateu na quarta-feira (24/07) como as empresas podem aumentar a eficiência e competitividade do setor produtivo.

O encontro contou com apresentação da pesquisa “Brasil: Confrontando o Desafio da Produtividade” liderada por Julio Bezerra, diretor do Boston Consulting Group. No painel de debates, participaram o presidente da Totvs, Laércio Cosentino; os vice-presidentes da Embraer, Artur Coutinho; da Cielo, Dilson Tadeu da Costa Ribeiro; da Camargo Corrêa, Marcelo Bisordi; e o diretor de suprimentos do Grupo Fleury, Afrânio Haag.

Confira os principais pontos do debate do Seminário Produtividade Brasileira da Amcham-São Paulo:  

Júlio Bezerra, da BCG: “Os quatros desafios da produtividade brasileira: talentos; infraestrutura; investimento e imagem do país”

Artur Coutinho, da Embraer: “O salto de produtividade da Embraer foi baseada em diversificação dos negócios, globalização e excelência”

Laércio Cosentino, da Totvs: “É preciso pensar em ganho de produtividade desde ações estratégicas até o aumento da eficiência das reuniões diárias de trabalho”

Afrânio Haag, do Fleury: “Excelência técnica é o foco do grupo, centrado no atendimento personalizado e ágil como diferenciais de produtividade”

Marcelo Bisordi, da Camargo Corrêa: “O ganho de produtividade passa na escolha de clientes que enxergam valor diferenciado no seu produto”