Estratégias de mídias sociais devem ter objetivos claros e compartilhados por toda a empresa

publicado 18/09/2013 12h25, última modificação 18/09/2013 12h25
São Paulo - Ouvir, engajar e otimizar são outros passos para aumentar a eficiência das mídias e impulsionar Marketing Digital
leonardo-xavier-9716.html

Cada vez mais relevantes para as empresas e suas relações com os clientes, os meios digitais têm integrado as áreas de Marketing, Comunicação e TI, que precisam trabalhar em conjunto no cenário atual. Para discutir estratégias de negócios e a otimização dos impactos do marketing digital, a Amcham-São Paulo organizou uma reunião, na última quinta-feira (12/09), que contou com a participação de Rubens Oliveira, diretor executivo da Accenture, e de Leonardo Xavier, fundador e CEO da Pontomobi.

 A integração faz a força

Oliveira conta que a mudança no comportamento dos clientes com a introdução das mídias digitais está gerando novas oportunidades às empresas. Os consumidores estão mais propensos a comprar no cenário atual e são mais facilmente alcançados. Enquanto a rádio e a TV levaram 38 e 13 anos, respectivamente, para alcançar 50 milhões de pessoas, a rede social Facebook adquiriu 100 milhões de usuários e a Apple contabilizou um bilhão de downloads, em apenas nove meses.

No entanto, Oliveira ressalta que a mudança também traz novos riscos e desafios, como a exposição negativa da empresa, a partir de reclamações de clientes ou colaboradores insatisfeitos, por meio de mídias sociais. É preciso saber utilizar essas ferramentas em prol do melhor conhecimento do perfil dos clientes e do engajamento com a marca, sempre respondendo questionamentos com agilidade e alinhamento do discurso, para não colocar em risco a confiança adquirida.

Para Oliveira, o próximo desafio é o desenvolvimento do Omni-Channel, uma evolução do Multi Canal. A presença em vários canais não significa que há integração entre eles. Além disso, o próximo passo demanda mudanças internas na organização, pois a comunicação e os processos fragmentados podem gerar impactos negativos. “O omni-channel deve propiciar uma experiência única ao cliente, permitindo que ele escolha a tecnologia ou o canal de comunicação que quer utilizar, a qualquer momento e em qualquer lugar”, conta.

Marketing digital em expansão

Com o crescimento do 3G no Brasil e a redução dos custos de planos de dados, as conexões entre marcas e consumidores estão crescendo significativamente. De acordo com a Anatel, hoje temos 267 milhões de linhas e 160 milhões de pessoas com celular. “Atualmente, dois de três internautas acessam mobile por meio de dispositivos móveis, por isso não há sentido em separar web e mobile”, diz Xavier. “A internet é uma só, a diferença está no device, no contexto, na localização, e na comodidade.”

Para aumentar a eficiência em mobile, ele ressalta três pontos aos quais as empresas precisam estar atentas: ter presença forte no cotidiano do consumidor, oferecer serviços e utilidades que poupem tempo e proporcionar experiências inovadoras aos clientes.

registrado em: