Inovação deve ocupar o campo das emoções melhorando a experiência do cliente, diz especialista

publicado 30/07/2018 16h18, última modificação 02/08/2018 11h42
Goiânia – Cliente se conecta mais com emoções do que com desempenho, segundo o consultor Valter Pieracciani
Comitê Marketing Goiânia.jpg

A corrida pela inovação será ganha pelas empresas que oferecerem a melhor experiência de produtos e serviços ao consumidor, afirma o consultor Valter Pieracciani, fundador e CEO da Pieracciani Consultoria.

“A inovação invadiu o campo das emoções. As atenções estão voltadas para a experiência do consumidor”, afirma o especialista, que participou do comitê de Marketing da Amcham-Goiânia em 17/7.

De nada adianta oferecer o produto mais avançado tecnologicamente se ele não trouxer comodidade ao cliente, detalha o especialista. “Vale menos o desempenho e mais a emoção, que é capaz de nos conectar com produtos, serviços e empresas nas inúmeras interações que mantemos com elas.”

Ainda segundo Pieracciani, a função da inovação e da tecnologia é servir de instrumento para gerar e estreitar relações com cliente. Cabe às empresas preparar-se, do ponto de vista estratégico e operacional, para colocar a experiência do consumidor em primeiro lugar no desenvolvimento de negócios.

Quando o cliente tem boa experiência, terá uma emoção positiva associada à marca. “Essa mudança de percepção é vital para quem quer se manter competitivo em um mercado cada vez mais concorrido, e de produtos compulsivamente copiados”, assinala o consultor.