Mastercard ensina como colocar a sua empresa na lista de melhores lugares para trabalhar

publicado 16/12/2019 11h16, última modificação 16/12/2019 11h16
Brasil – Empresa vencedora do ‘Great Place to Work’ esteve presente durante o nosso Webinar para falar sobre employee experience
Fabiana Cymrot Mastercard e Elizabeth Rodrigues Grupo Baumgart.jpg

Da esquerda para a direita: Fabiana Cymrot (Mastercard) e Elizabeth Rodrigues (Grupo Baumgart)

Imagine ser contratado para trabalhar na empresa dos seus sonhos. Agora imagine transformar o ambiente onde você trabalha na empresa dos sonhos. Este é o desafio do employee experience: levar para cada colaborador uma experiência memorável e que o faça ter orgulho de trabalhar no local onde está.

Convidamos a vice-presidente de RH da Mastercard Brasil e Cone Sul, Fabiana Cymrot, para falar sobre a experiência do colaborador na organização.  A Mastercard conquistou a primeira posição no ranking de Empresas de Médio Porte da terceira edição do Great Place To Work (GPTW) Mulheres e também ocupou o ranking geral das melhores empresas do setor financeiro avaliadas pela premiação.

Nosso Webinar, também teve a presença da gerente executiva de RH do Grupo Baumgart, Elizabeth Rodrigues. Ela trouxe a visão que uma boa experiência corporativa desencadeia conexões emocionais e um nível de engajamento melhor. Para isso, ela afirma que a área de Recursos Humanos deve se apropriar da proposta de valor da empresa para o consumidor. “Se não promovermos para o nosso colaborador a mesma experiência que promovemos para o cliente final acho que o discurso fica incoerente”, aponta.

Para melhorar a experiência do colaborador, a Mastercard tem diversos programas de reconhecimento, diversidade, equidade de gênero, etc. “Procuramos dar atenção desde o momento da aquisição de talentos até questões do dia a dia”, afirma. Para isso, ela enfatiza que a empresa trabalha com base em quatro pilares: confiança, parceria, agilidade e iniciativa.

EM PRÁTICA

A Mastercard conta com programas de acolhimento ao público que estava fora do mercado de trabalho por volta de dois anos (“Relaunch Your Career”), de incentivo ao acesso de meninas crianças na tecnologia (“Girls 4 Tech”), mobilidade em sedes de outros países (“Short Assignment”), dentre outros. Além disso, os novos colaboradores, além de participarem de um ‘Welcome Day’ e treinamentos na Mastercard Academy, têm suas experiências medidas nos primeiros 90 dias para avaliar o acolhimento do ambiente.

“A questão da cultura empresarial é também muitíssimo importante”, aponta Fabiana. Ela explica que a companhia conta com grupos de afinidade, programas de inclusão para minorias e o ‘Women Lidership Network’ – para incentivo de lideranças femininas. Elizabeth parabeniza as iniciativas da Mastercard e enfatiza: “Os momentos mais felizes são os de desenvolvimento e aprendizagem”.

Por fim, ambas as executivas mencionam que um dos fatores mais importantes para melhorar a experiência do colaborador é o reconhecimento. Para isso, a Mastercard conta com dois programas: “Recognizing You” (plataforma de reconhecimento com bônus e prêmios) e campanha “Orgulho de Você” (programa com atividades para mostrar que a empresa sente orgulho dos funcionários). “A satisfação das pessoas não é um assunto exclusivo de RH, é da companhia como um todo e de cada um dos funcionários individualmente. Só existe sucesso e clima bom se todos estiverem engajados com isso”, pontua.