Nova fábrica da Fiat Chrysler em PE deve gerar dois mil novos empregos, diz diretor de RH

publicado 14/10/2014 10h36, última modificação 14/10/2014 10h36
Recife – Empresa quer capacitar e habilitar trabalhadores das obras para realocá-los nas funções da nova montadora
fiat-foto01.jpg-7846.html

A Fiat Chrysler deu início à construção de uma nova fábrica em Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, que irá capacitar e habilitar os trabalhadores das obras para realocá-los nas funções da nova montadora. De acordo com o diretor de Recursos Humanos da montadora, Adauto Duarte, que esteve no comitê estratégico de Gestão de Pessoas, em 02/10, a expectativa é que sejam criados cerca de dois mil empregos diretos e indiretos até o final do ano.

Enquanto as obras do novo polo automotivo não ficam prontas, os profissionais são analisados para preenchimento das vagas disponíveis. “Já começamos o diálogo com os funcionários para darmos início à seleção e, posteriormente, à qualificação. É preciso esclarecer que nem todos serão efetivados, só os realmente interessados em mudar de função e trabalhar na Fiat”, comentou Duarte, ressaltando que as vagas ocupadas serão da mesma família profissional da atual atividade dos trabalhadores selecionados nas obras. 

O diretor ainda observou que nem todos os profissionais que participam das obras da fábrica desejam fazer parte do recrutamento. “Muitos funcionários atuam em suas atividades há muito tempo e já expressaram o desejo de dar continuidade às suas carreiras”.

Durante o encontro, que reuniu 20 principais gestores da área, Duarte destacou a importância do diálogo com outros diretores do setor. “Esse tipo de momento é muito importante para nosso crescimento profissional. Temos oportunidade de compartilhar e conversar sobre as práticas que as empresas de diversos setores da região adotam, além de conhecer novas ações em gestão de pessoas”, explicou. “Todos do grupo têm a sensibilidade de implantar práticas de RH de acordo com a cultura local, o que é muito importante na troca de ideias”.

A montadora terá auxílio do Senai e do Governo do Estado na capacitação dos funcionários. “Tivemos a ajuda do Governo desde o início do projeto, e nossos objetivos de favorecer a qualificação dos trabalhadores da área e dar oportunidade ao crescimento da região foram atingidos em parceria”.

registrado em: