Com mais de 4.500 pontos de venda, OAKLEY investe no consumidor online oferecendo benefícios extras

publicado 19/08/2015 16h13, última modificação 19/08/2015 16h13
São Paulo - Diretor da marca para América Latina, Roger Ahlgrimm, participou da reunião de comitê da Amcham
oakley-foto01.jpg-9074.html

Grandes redes apostam no e-commerce como mais uma plataforma para se aproximar do consumidor. Só para ter uma ideia, estimativas do eMarketer,  instituto especializado em pesquisa sobre o mercado digital, mostram que 110 milhões de pessoas farão, pelo menos, uma compra pela internet em 2015 na América Latina. No Brasil, estarão cerca de 36 milhões desses consumidores.

A migração dos consumidores força cada dia mais as marcas a fixarem bandeira no ambiente online. É o caso da Oakley que, neste ano, abriu seu e-commerce com vendas diretas no país.  Mesmo com mais de 4.500 pontos de venda, a companhia decidiu lançar recentemente o seu site de vendas. O diretor de marca da Oakley para América Latina, Roger Ahlgrimm, contou sobre a experiência durante reunião conjunta dos Comitês Estratégicos de Marketing e Diretores Comerciais na Amcham São Paulo, na quarta-feira (19/8).

Benefícios do e-commerce

O executivo explicou que o custo baixo e o fato de potencializar os locais onde as vendas são pequenas foram grandes atrativos para a aposta. Ele reafirma que objetivo é que as lojas físicas e a virtual caminhem juntas, o que, segundo Ahlgrimm, é perfeitamente possível.

Com a conversão, a empresa espera triplicar o faturamento em 2015. “A nova plataforma está mais interativa, mais ágil. A forma de você adquirir o produto acaba sendo muito mais fácil. Nossa expectativa, é triplicar o faturamento do que foi em 2014”, analisa.

O fato do óculos ser um produto tangível não afasta os compradores do e-commerce, segundo Ahlgrimm. A estratégia de fidelização contou com alguns benefícios extras. Por exemplo, o cliente digital da marca tem 15 dias corridos a partir do ato do recebimento do produto para cancelar a compra, desde que a mercadoria esteja em perfeito estado de conservação.  O prazo é maior do que os sete dias corridos determinado pelo Código de Defesa do Consumidor para compras feitas pela internet.

O relacionamento da Oakley com o meio digital já vem de um tempo. No Facebook, a empresa tem 2 milhões de seguidores. Nas palavras do executivo, “as mídias sociais hoje se tornaram importantíssimas”.

Câmbio favorável

A Oakley está presente no Canadá, Estados Unidos, em países da Ásia e da Europa. Com a cotação do dólar ultrapassando a barreira dos R$ 3,50, a expectativa é que as vendas no Brasil aumentem.

“Uma boa parte dos nossos clientes, revendedores, eles estão otimistas com o segundo semestre, com base de que consumidores não viajarão tanto, por tanto comprarão o produto aqui”, explica.  

registrado em: