Profissionais de secretariado devem buscar alternativas dentro e fora da empresa para enfrentar estresse

por marcel_gugoni — publicado 01/02/2013 15h53, última modificação 01/02/2013 15h53
Porto Alegre – Gestora de carreiras consideram que conhecimento técnico e autoconhecimento ajudam a manter controle do fluxo de trabalho e de informações.
secretariado_195.jpg

O estresse faz parte da realidade de quem atua no meio empresarial. Para profissionais de secretariado executivo, não é diferente. Enfrentar esse quadro exige identificar quais situações desencadeiam esta desordem e buscar feedback dentro e fora do ambiente de trabalho. Isso evita que situações adversas saiam do controle, aponta a gestora de carreiras Ligia Nery, sócia fundadora da DCO Gestão de Carreiras.

A dica para ter segurança ao lidar com tais dilemas consiste em ter conhecimento técnico e buscar suporte, o que ajuda a administrar momentos de crise e ter maior domínio da situação. Durante o comitê de Secretariado Executivo da Amcham-Porto Alegre na última quinta-feira (31/01), Ligia apontou de que forma os profissionais dessa área podem manter a tranquilidade diante de um cenário inconstante.

O principal motivo dessa angústia entre os secretários, para Lígia, é a rapidez de propagação das informações. “Na verdade, sempre houve um grande fluxo de mudanças, mas o que existe hoje é uma velocidade [maior]. Temos tudo em tempo real, um bombardeio [de conteúdo]”.

No afã de estar sempre atualizado, acontecem estafa e ansiedade, o que pode interferir negativamente nos negócios, afirma a palestrante. Afinal, é crucial que haja tranquilidade para a tomada de decisões de peso e também o gerenciamento da equipe, a fim de se ter melhor qualidade de vida profissional e pessoal.

Alternativas

O autoconhecimento pode ser desenvolvido. Ligia sugere que os profissionais sejam mais criteriosos ao analisarem suas atitudes e se mantenham críticos. Além disso, pró-atividade é essencial, pois cada um deve ter a iniciativa de operar mudanças e adotar as posturas adequadas para evitar motivos de estresse. Isso pode começar com uma triagem das informações essenciais.

Ela  também comenta que o conhecimento técnico ajuda, pois, quando já se tem esse domínio, pode-se focar nos aspectos mais desafiadores, já que a questão básica foi sanada. Caminhos que podem ser adotados são o coaching  e a terapia, pois ajudam com aconselhamento técnico.

registrado em: