Segunda venda depende do sucesso da primeira, afirma consultor Alberto Couto

publicado 24/06/2014 15h58, última modificação 24/06/2014 15h58
São Paulo – Sem assistência ao cliente, empresas perdem oportunidades de vendas e negócios
alberto-couto-7252.html

O consultor Alberto Couto, da Alberto Couto & Associados, afirma que um bom serviço de pós-vendas é chave para fidelizar e conquistar clientes. “A segunda venda depende da satisfação com a primeira”, disse, durante o comitê de Vendas e Distribuição da Amcham na terça-feira (24/6).

Segundo o consultor, ainda há muitas empresas que não dão as devidas garantias de qualidade do serviço ou produto. “Especialmente nas empresas latino-americanas, predomina a cultura de que os problemas, se surgirem, serão resolvidos na hora.” Couto aponta que o que o cliente espera das empresas, em linhas gerais, é um bom atendimento, receber o que foi prometido e ter canais acessíveis de comunicação.

Para o cliente, a compra de algo é o início de um relacionamento. Em muitas empresas, a venda é tratada como o fim do processo, comenta o consultor. “A típica equipe de vendas se preocupa apenas em bater as metas mensais e deixa de se envolver com a assistência pós-venda.”

Trata-se de um descuido muito comum que as empresas ainda cometem. As formas de oferecer assistência ao cliente são investir mais em treinamento de equipes e mudar a cultura organizacional. “Colocar pedido (de vendas) não é o fim da história, porque o cliente vai começar a comparar suas expectativas com o que foi entregue”, comenta o especialista.

Couto também ressalta que o processo de pós-venda, tão importante quanto a venda em si, é uma oportunidade para novos negócios. “Quando o cliente está satisfeito, é possível identificar novos serviços e até mesmo pedir indicações de mercado. Se o atendimento foi mal, então é hora de aprimorar os serviços”, detalha. Ter um bom serviço de pós-vendas não é modismo, acrescenta Couto. “É o que o cliente quer.”

registrado em: