Vendas na Pandemia: como engajar clientes e aumentar a produtividade da equipe

publicado 14/05/2021 18h18, última modificação 14/05/2021 18h18
Confira os principais insights sobre como alcançar metas comerciais em tempos de incerteza
vendas na pandemia: como engajar clientes e aumentar a produtividade da equipe.jpg

O marketing de indicação pode ser responsável por um aumento de até 50% nas vendas de uma empresa

As vendas na pandemia caíram em 32,9% das empresas brasileiras, na segunda quinzena de agosto de 2020, segundo a pesquisa Pulso Empresa, realizada pelo IBGE.

A pesquisa analisou os impactos da pandemia sobre três frentes econômicas do Brasil: indústria, comércio e serviços, e identificou que 62,4% das empresas brasileiras em funcionamento sofreram algum efeito negativo causado pela crise da COVID-19.

Agora, já passado um ano de pandemia, as empresas ainda têm lidado diariamente com as incertezas do cenário econômico. Porém, além dos efeitos negativos sobre as vendas, as empresas também precisam lidar com os impactos de toda essa situação sobre seus funcionários.

Em circunstâncias como a atual, essas empresas esperam encontrar estratégias eficazes para engajar clientes e aumentar a produtividade de suas equipes, e assim, serem capazes de impulsionar suas vendas na pandemia. 

Para conversar sobre estratégias e táticas efetivas na superação de crises, organizamos um webinar no dia 12/05 com o maior especialista do Brasil em Marketing e Vendas por indicação e Fundador da Base Viral, Rodrigo Noll, e a Gerente de Vendas da Natura na região norte do país, Rafaela Marques. Confira os principais insights e dicas para colocar em prática hoje mesmo na sua empresa:

 

COMO ENGAJAR OS CLIENTES E AUMENTAR AS VENDAS NA PANDEMIA?

"A pandemia não criou nenhum grande movimento, eu acredito só acelerou coisas que já vinham acontecendo" opinou Rodrigo Noll, fundador da Base Viral. Nesse sentido, as mais eficazes estratégias para aumentar o engajamento dos clientes já estavam crescendo antes da pandemia e agora, com a necessidade de gerenciar a crise, estão em maior evidência. Veja algumas delas:

 

PRESENÇA ONLINE E OS TENTÁCULOS DIGITAIS

O presente é digital e não há dúvidas que estamos vivendo a quarta revolução industrial. Antes da pandemia, muito se falava sobre e-commerce, vendas online e presença digital. Agora, os negócios que desejam sobreviver precisam passar pela transformação digital.

A presença online é uma das principais estratégias para uma empresa aumentar as vendas na pandemia. Entretanto, isso não significa apenas abrir uma conta em uma rede social ou criar um site com suas informações de contato: é preciso muito mais. 

“As empresas que mais crescem são as que não dependem de um ou dois canais. São as que têm tentáculos, muitos canais de aquisição diferentes”, afirma Rodrigo Noll. 

Em outras palavras, esteja disponível para seus clientes em diversos canais, assim, você aumenta as possibilidades de ser encontrado pelo seu público. Invista em marketing de conteúdo, faça anúncios pagos, seja ativo nas redes sociais, estude sobre marketing de afiliados e influenciadores.

 

MARKETING DE INDICAÇÃO E O PODER DO BOCA A BOCA

Um estudo do Instituto Texas Tech apontou que 83% dos clientes satisfeitos de um negócio estariam dispostos a indicar e recomendar essa empresa para os seus amigos. Porém, somente 29% dessas pessoas fazem a indicação. 

O motivo, como afirma Rodrigo Noll, é que as empresas não se preocupam em estimular o hábito da indicação em seus clientes.

O marketing de indicação pode ser responsável por um aumento de até 50% nas vendas de uma empresa que já realiza vendas por recomendação.

Com isso, a criação de programas de indicação se torna uma estratégia eficiente para aumentar as vendas na pandemia. A grande vantagem, além da grande força de tráfego e geração de leads qualificados, é que há poucas empresas fazendo uso dela.

 

COMO AUMENTAR A PRODUTIVIDADE DA EQUIPE E IMPULSIONAR AS VENDAS NA PANDEMIA?

"Eu sempre precisei lidar com cenários mais complexos e eu passei a gostar dos mares turbulentos. Então, eu gosto desses cenários, eu acho que eles me estimulam a sempre buscar o melhor" declarou Rafaela Marques, Gerente de Vendas da Natura.

Buscar o melhor em meio às dificuldades está totalmente relacionado à gestão de pessoas, porque compreendemos que, quando a crise bate na porta de uma empresa, ela está batendo na porta das pessoas. 

Pessoas satisfeitas elevam sua produtividade, e, dentro das empresas, geram melhores resultados ajudando a aumentar as vendas. Veja como aumentar o nível de satisfação da sua equipe:

 

MOTIVE A SUA EQUIPE E DESENVOLVA AS PESSOAS

Como facilitar a atuação das pessoas de dentro pra fora? Esse questionamento foi provocado pela Rafaela Marques, que compartilhou algumas estratégias que podem ajudar um gestor a facilitar o processo da crise para a sua equipe e apoiá-la a seguir motivada.

Portanto, para engajar os seus funcionários e aumentar as vendas na pandemia, simplifique o processo com ações como: 

  • Promoção de conexão: crie oportunidades para que seus funcionários se conectem entre si e com a direção e gestão da empresa;

  • Tempo para reflexão: dedique tempo em conversas longas com seus funcionários;

  • Rede de apoio sustentável: incentive a troca de experiências e conhecimentos;

  • Frentes de liderança: conheça bem sua equipe e delegue funções específicas de acordo com suas maiores e melhores habilidades e competências;

  • Experiências sem culpa: seja transparente e não fuja de conversas difíceis;

  • Iniciativa: dê o exemplo. Em tempos de crise, é importante influenciar a sua equipe a ser resiliente; 

  • Simplificar a comunicação: seja simples, objetivo e direto. Isso ajuda o seu negócio a ganhar tempo e qualidade de produção.

 

CUIDE DE SI MESMO E SEJA UM LÍDER DE EXEMPLO

“Nesse processo de gestão, para cuidar do outro, é importante a gente cuidar da gente”, reitera Rafaela Marques

O óbvio precisa ser dito. Um líder precisa cuidar de si primeiro, antes de gerenciar uma equipe e se dispor a cuidar de outras pessoas. Em um cenário de incertezas, no qual previsões mudam a todo momento, a pessoa em posição de liderança precisa ter a certeza de que está bem para exercer essa função.

Por isso, é fundamental buscar o autoconhecimento e o autocuidado, olhar para dentro de si mesmo e colocar as coisas em ordem. "Quando o caos acontecer, volte para casa", aconselha Rafaela.

Então, é primordial criar hábitos físicos e mentais que sejam saudáveis. Peça ajuda quando necessário, delegue funções quando possível, estabeleça um tempo de descanso e cuide de você mesmo. Seja um exemplo nisso também para a sua equipe. 

Assista ao Webinar completo no Amcham Connect.