John Kao: "Não temos alternativa, temos que inovar para sair das dificuldades"

publicado 30/10/2014 14h45, última modificação 30/10/2014 14h45
São Paulo – Consultor internacional, conhecido como o “Mr. Creativity”, foi o convidado do Seminário de Inovação
vi-seminario-inovacao-2.jpg-2480.html

A inovação não é mais uma opção, é um caminho obrigatório seja para empresas, nações ou pessoas. Este foi o recado dado pelo consultor internacional, John Kao, no seminário de Inovação promovido pela Amcham-SP, na quinta (30/10). 

“Todo o progresso, seja nas empresas ou no governo, depende de novas ideias para resolver problemas. Se você não tiver inovação, você não pode fazer nada para solucionar”, afirmou ele, que recebeu o apelido da revista britânica The Economist de “Mr. Creativity”.

Em três dias, o ciclo de eventos Amcham com John Kao reuniu um total de mais duas mil pessoas. Ele participou do CEO Fórum no Recife, na terça (28/10), e em Porto Alegre, na quarta (29/10). 

Confira os destaques do seminário de Inovação em São Paulo:

“Não existe uma receita única para inovar, é uma estratégia/ação em construção contínua”

“Procurar inovação é como descascar uma cebola. Há muitas camadas.”

“Minha definição de inovação: é um conjunto de capacidades que possibilitam a realização contínua de um futuro desejado”.

“É preciso inovar, mas embarcado em jornada de transformação. É preciso ter o futuro desejado determinado”

“Todo mundo tem um mapa mental do que é inovação, existem várias abordagens: inovação aberta, digital, consciente, em escala; design thiking, entre outras. É preciso encontrar o seu modelo de inovação mais adequado”

“Muito do insucesso da inovação é que ela nasce fruto de campanhas curtas, ligadas a gestão de um CEO. A inovação deve ser sempre visar impacto a médio e longo prazo”

“Pelo menos 50 países já tem algum ministério ou agência dedicado à inovação. A China vai investir este ano U$ 500 bilhões em inovação.”

registrado em: