Tecnologia e finanças: dicas das áreas que estão no holofote durante a crise do coronavírus

publicado 27/03/2020 09h30, última modificação 27/03/2020 16h39
Brasil – Executivos da Natura e da Claro acreditam que a transformação digital imposta às empresas nesse momento vai mudar totalmente os hábitos corporativos
Mais assertividade, otimização do tempo e conveniência são exemplos das vantagens oriundas da crise.jpg

Mais assertividade, otimização do tempo e conveniência são exemplos das vantagens oriundas da crise

Se essa crise toda não servir para um baita aprendizado, só serão guardadas as coisas ruins desse momento. Foi com essa frase que o CFO da Claro, Roberto Catalão, iniciou o bate-papo a respeito das transformações que o mundo está vivendo durante a crise do coronavírus. Na visão do executivo, o lado bom disso tudo é que as pessoas e empresas estão vendo como usar tecnologia a favor delas.

Mais assertividade, otimização do tempo e conveniência são alguns dos exemplos das vantagens oriundas da crise. “Dentro das companhias, estamos experimentando novas maneiras de operar e vendo que elas não somente funcionam como podem ser melhores que antigas”, observa Renata Marques, CIO da Natura&Co. Para ela, as mudanças vieram para ficar. Isso porque as pessoas estão buscando novas formas de fazer o que já faziam.

Roberto lembra ainda que existem outras formas de ver o momento como positivo e é papel dos gestores incentivarem as equipes a tirarem o melhor desse momento. Ele e Renata participaram do nosso webinar ‘Como a interação do CFO e do CIO pode ajudar no funcionamento do negócio’, transmitida no dia 26/03.

 

DESAFIOS E SINERGIA

Além das transformações digitais, ambos falaram sobre os desafios enfrentados durante a contratação de profissionais com o mindset que as empresas necessitam atualmente. “Habilidade em resolução de problemas, criatividade e aprendizado contínuo é o grande desafio que temos, porque precisamos de um plurilinguísmo, ou seja, falar a língua de várias áreas, não só de tecnologia”, manifesta Renata.

Roberto concorda e explica que, mesmo na área financeira, é preciso de pessoas que transformem processos em digitais e entendam tecnologia a fim de gerar valor para o negócio. “Em relação a minha atividade de telecomunicações nem se fala, a indústria de telecomunicações está em um momento de reinvenções porque hoje empresas de tecnologia como Google como Apple são nossos concorrentes”, menciona.

Ambos lembram que hoje, mais do que nunca, as pessoas devem se preocupar com o próprio crescimento profissional e não esperar apenas que as empresas promovam treinamentos e cursos. “Já foi o tempo em que culpávamos a empresa por não recebermos treinamentos, só não aprende quem não quer”, afirma Roberto, lembrando que é possível aproveitar o tempo disponível na quarentena agora para fazer os diversos cursos de instituições renomadas, como Harvard, de graça.

Assim, entende-se que deve haver sinergia entre as duas áreas tanto dentro os negócios quanto por parte da formação dos profissionais. “O recado que eu dou é que tem que ter muita parceria entre o TI e a área de finanças, e o CFO que ainda olha a tecnologia como custo não está enxergando todas as oportunidades de alavancamento para a empresa”, finaliza Renata.

 

O QUE SÃO OS WEBINÁRIOS?

São transmissões ao vivo de bate-papos e entrevistas, exclusivos online, sobre diversos assuntos do mundo empresarial. 

PARA QUEM SÃO?

Para todos os associados, sem limites de participantes, sendo encontros online e gratuitos.

COMO FUNCIONAM?

São mais de 30 atividades online ao ano disponibilizadas em tempo real e através da plataforma Amcham Connect.

registrado em: , , ,