Skip to content. | Skip to navigation

ESG na prática: aprenda com Votorantim Cimentos e SASB

publicado 05/08/2021 10h00, última modificação 27/07/2021 17h58
Entenda como trazer estratégias e práticas ESG para o seu negócio
cases ESG sustentabilidade empresarial

ESG (Environmental, Social and Governance ou Ambiental, Social e Governança, em tradução para o português) é a visão integrada de práticas de responsabilidade socioambiental e métricas financeiras. Com essa agenda, é possível determinar a sustentabilidade do negócio a longo prazo, aliando retorno de investimento e aspectos como diversidade, inclusão e economia de baixo carbono. 

Há também uma expectativa cada vez maior da sociedade por empresas com propósito claro e atuação mais direcionada para um capitalismo consciente, de forma a mitigar riscos e apoiar a longevidade da companhia. A agenda ESG também passou a ser um critério importante para o mercado de investimentos. Segundo a Forbes, há mais de 500 fundos de índice focados em sustentabilidade só nos EUA, com cerca de US$250 bilhões em ativos. 

Para inspirar você a construir estratégias e práticas ESG na sua empresa, trouxemos dois cases de sucesso: Votorantim Cimentos e SASB compartilharam seus passos nessa jornada e dicas para qualquer negócio que queira começar a sua jornada ESG.

 

ESG NA PRÁTICA: CASES DE SUCESSO

 

VOTORANTIM CIMENTOS

Como líderes da indústria de materiais de construção no Brasil e uma das mais importantes do setor internacionalmente, a Votorantim Cimentos tem o objetivo de crescer, inovar e aumentar sua eficiência operacional, utilizando ESG como um direcionador estratégico. De forma expositiva, a companhia compartilha como construiu o seu ciclo de sustentabilidade, iniciado há 5 anos. 

A empresa definiu objetivos tangíveis para temas como: ética, políticas ambientais, produtos e serviços sustentáveis, combustíveis renováveis, emissões de CO2, emissões de materiais diversos (como NOx e SO2), água, biodiversidade e comunidade. A Votorantim Cimentos também expõe suas metas para 2030:

1 - INTEGRIDADE E TRANSPARÊNCIA

A organização acredita que o caminho para a excelência operacional passa, invariavelmente, pela garantia de altos padrões de conformidade, ética e transparência. Por isso, não mede esforços para que essas premissas estejam sempre refletidas na realidade e no dia a dia da companhia. Esse compromisso inegociável é transversal e base para todos os demais.

 

2 - SEGURANÇA, SAÚDE E BEM-ESTAR

A Votorantim Cimentos respeita a vida em todas as suas formas, promovendo um ambiente saudável e seguro para seus empregados, contratados e para todas as partes envolvidas em suas atividades.

Como indicadores para essa valor, a companhia acompanha: lesão com afastamento, fatalidades, satisfação e bem-estar dos empregados.

 

3 - INOVAÇÃO PARA CRIAR SOLUÇÕES SUSTENTÁVEIS

A companhia fortalece o futuro da construção civil por meio de processos simples e rápidos, com abordagem sustentável. Impulsionam a indústria de cimento em direção a tecnologias e processos limpos, cada vez mais alinhados com a preservação dos recursos naturais.

O indicador para essa meta é a receita de soluções sustentáveis.

 

4 - DIVERSIDADE E INCLUSÃO

A organização busca um ambiente diversificado, inclusivo e inspirador para seus empregados e partes interessadas.

Indicadores: diversidade de gênero nas lideranças, percepção dos empregados e empregadas.

 

5 - REDUÇÃO DA PEGADA AMBIENTAL

A Votorantim Cimentos tem o objetivo de reduzir os impactos de suas operações e trabalham em busca de processos cada vez mais sustentáveis, reduzindo assim sua pressão sobre o meio ambiente e os recursos naturais.

Indicadores: Emissões líquidas de CO2, emissões de material particulado por tonelada de clínquer, emissões de SO/t de clínquer, emissões de NO/t de clínquer, energia elétrica renovável

 

6 - AMBIENTE DE NEGÓCIOS CIRCULAR

A empresa adota uma abordagem sustentável na forma como fazem negócios, buscando eliminar o desperdício, reaproveitar subprodutos de outras indústrias e aumentar o uso de recursos renováveis.

Indicadores: Substituição térmica, percentual de clínquer no cimento, percentual de concreto reciclado retornado

 

7 - GERAÇÃO DE VALOR PARA COMUNIDADES

A companhia é parte importante das comunidades onde operam e vendem seus produtos. A Votorantim acredita no poder transformador dos seus empregados e dos seus produtos, e estão comprometidos em gerar valor compartilhado e em melhorar a vida das pessoas.

Indicadores: operações com engajamento, impacto e/ou programas de desenvolvimento em comunidades, empregados engajados em iniciativas de voluntariado, fornecimento local.

 

SASB

O SASB (Sustainability Accounting Standards Board é uma entidade criada para cuidar da comunicação de informações não-financeiras. Seu campo de atuação é definido por padrões contábeis de sustentabilidade.

O mapeamento que a companhia desenvolveu para ajudar outras organizações começa com um universo de 26 questões de sustentabilidade agrupadas em 5 dimensões, sendo elas:

Capital Ambiental

  • Emissões de GEE

  • Qualidade do ar

  • Gerenciamento de energia

  • Gestão de água e esgoto

  • Gestão de resíduos e materiais perigosos

  • Impactos ecológicos

 

Capital social

  • Direitos humanos e comunidade

  • Privacidade do cliente

  • Segurança de dados

  • Acesso e preço acessível

  • Qualidade e segurança do produto

  • Bem-estar do cliente

  • Práticas de venda e rotulagem de produtos

 

Capital humano

  • Práticas trabalhistas

  • Saúde e segurança do funcionário

  • Engajamento dos funcionários, diversidade e inclusão

 

Modelo de negócios e inovação

  • Projeto e gestão do ciclo de vida do produto

  • Resiliência do modelo de negócios

  • Gestão da cadeia de abastecimento

  • Fornecimento e eficiência de materiais

  • Impactos físicos das mudanças climáticas

 

Liderança e Governança

  • Ética de negócios

  • Comportamento competitivo

  • Gestão do departamento jurídico e ambiente regulatório

  • Meio ambiente

  • Gerenciamento de risco de incidente crítico

  • Gestão de risco sistêmico

 

Com foco em conectar empresas e investidores sobre os impactos financeiros de sustentabilidade, a organização criou uma ferramenta que consiste em um passo a passo para orientar as companhias em suas estratégias ESG:

  1. Estabeleça uma base para disseminar conhecimento sobre ESG

  2. Escolha as ferramentas certas para desenvolver relatórios com base em cada público

  3. Determine o melhor canal para a divulgação de sua estratégia de ESG

  4. Compreenda a estrutura dos padrões SASB e seus componentes

  5. Avalie a disponibilidade de informações ESG atuais e conduza análises sobre os gaps de conhecimento

  6. Desenvolva um relatório com informações sobre ESG alinhadas aos padrões SASB

  7. Continue o processo de divulgação para permitir melhorias na divulgação de informações ESG

 

ESG GERANDO VALOR PARA A SUA EMPRESA

Para construir sua estratégia ESG de forma personalizada ao lado das maiores referências no assunto, faça sua inscrição na Missão Digital ESG Essentials. É a última oportunidade do ano para começar a pensar no futuro da sua organização e gerar ainda mais valor aos principais stakeholders.

Desenvolvida por nós em parceria com Amelia Miazad, uma das maiores referências em ESG e residente na Berkeley Law, na Califórnia, a Missão Digital ESG Essentials garante uma experiência internacional imersiva, com trocas e benchmarkings com empresas que são destaque no tema e um alto nível de networking com altos executivos do Brasil e do mundo.

Ao longo de toda a jornada, a missão abordará temas como:

  • A relação ESG e propósito de marcas: definição da estratégia de companhias e mapeamento de riscos 

  • A força e poder da integridade como parte da cultura

  • Indicadores: como comunicar e mensurar as ações de ESG no relatório geral da empresa 

  • Passo a passo: como priorizar e planejar ações de ESG

  • Mercado de ações: saiba como funciona a visão dos investidores sobre a importância do ESG e como isso norteará os investimentos

  • Diversidade e inclusão como ponto de comprometimento de médias gerenciais, além do CEO e do RH da companhia e efetividade nas políticas

  • A importância da comunicação: transparência, frequência e genuinidade de escutar as pessoas. Escuta ativa com todos os stakeholders

  • Como transformar ESG em jornada: para além de uma ação pontual ou desconexa do restante, a ideia é que essa cultura seja respirada pela organização

Entenda o que esperar da Missão Digital ESG Essentials.

 

Para se inscrever e garantir a sua vaga, acesse aqui.